Sem categoria

O que é o sistema CFTV? Monitoramento por circuito de câmeras fechado

Nosso país infelizmente ainda é assolado por tristes episódios de violência. De 2010 a 2016 tem-se que crimes como o de roubo seguido de morte, mais conhecido como latrocínio e outros tão graves quanto, aumentaram em aproximadamente 50%.

Sendo assim, é essencial que você proteja sua residência contra este tipo de ameaça da melhor forma possível, garantindo mais tranquilidade e qualidade de vida a você, seus familiares e a quem frequenta sua residência.

O mercado tecnológico de segurança proporciona ao consumidor muitas opções de câmeras e equipamentos que obstaculizam a possível entrada de invasores em seu domicílio.

Iremos abordar aqui informações importantes sobre CFTV e tudo o que você precisa saber para monitorar seu ambiente residencial ou comercial da melhor forma possível.

O que é o sistema de CFTV?

A sigla traz em seu bojo a expressão Circuito Fechado de Televisão ou, em inglês Closed Circuit Television (CCTV).

Trata-se da possibilidade de executar a vigilância do estabelecimento através de câmeras interligadas que transmitem imagens em tempo real para um dispositivo de vídeo, como um celular, tablet ou desktop através da tecnologia IP, onde é possível acessar estas imagens via internet.

Também é possível enviar as imagens para uma central de monitoramento ou um gravador de vídeo, que irá armazenar as imagens.

A procura por este tipo de equipamento aumentou significativamente nos últimos anos em razão do aumento da violência de uma forma geral.

Tanto empreendimentos privados como supermercados, farmácias, lojas, prédios, condomínios, empresas, mas também locais públicos como praças, ruas, cruzamentos e outros se tornam bem mais seguros quando se possui um dispositivo de monitoramento por câmeras em tempo real.

Qual a importância de um sistema de CFTV?

A importância deste tipo de tecnologia está intrinsecamente ligada ao seu objetivo, qual seja, o de inibir o malfeitor de tomar alguma atitude ostensiva contra uma pessoa ou um grupo de pessoas ou contra o patrimônio de alguém ou de algum estabelecimento comercial.

O procedimento de instalação não é algo complexo e que pressuponha obras e demais desconfortos. É preciso buscar um serviço de confiabilidade no mercado onde as câmeras, além de serem duráveis e transmitir imagens nítidas, possam ser colocadas em locais estratégicos.

Geralmente, localidades onde ocorre grande circulação de pessoas ou pontos de entrada e saída (mesmo saídas de emergência e de circulação de pessoas autorizadas).

Os pontos são selecionados em locais que possam gerar perdas significativas patrimoniais e pontos em que o risco à integridade física possa existir, tais como estacionamentos ou portões de residência, por exemplo.

Logo, nem sempre os locais mais movimentados serão os melhores pontos para colocar câmeras. Tudo irá depender do tipo de estabelecimento, do tamanho e do local onde se situa.

Neste ponto é imprescindível reafirmar que nenhum sistema de segurança garante na integralidade a neutralização de agentes mal intencionados. Mas sem dúvida, o sistema de CFTV será um grande aliado para coibir atitudes hostis contra a sua propriedade.

Como posso acessar as imagens em tempo real?

Aqui você não precisa se preocupar com mais nada. O usuário do serviço precisa apenas ter acesso à internet para acessar as imagens em tempo real através de qualquer dispositivo com acesso à internet.

Para tornar as coisas mais dinâmicas e simples para o usuário, o Grupo Macor desenvolveu um aplicativo exclusivo para os usuários de nossa plataforma para que seja possível acessar todas as imagens de suas câmeras em qualquer lugar que disponha de acesso à internet, o App Macor.

E fique tranquilo, pois utilizamos tecnologia de ponta para proteger e tornar inacessível a outras pessoas os dados e imagens de suas câmeras.

Como funciona o CFTV?

A CFTV dispõe de um mecanismo simples e seguro em que as imagens são capturadas pelas câmeras e transmitidas por uma central. Existem placas de hardware que viabilizam a tecnologia de recepção das imagens (placas stand alone ou DVR, por exemplo).

A diferença sempre está nos detalhes. E aqui contamos com a análise de especialistas que irão definir qual a melhor câmera para o local o qual se deseja monitorar, pois há muitas opções.

Uma boa fonte de alimentação e um correto dimensionamento da câmera, somados a um equipamento de excelente qualidade e durabilidade, como cabos e conectores sempre novos e de alta qualidade, garantem um sinal receptor de qualidade e consequentemente, imagens mais bem definidas.

As câmeras são interconectadas a um gravador de vídeo. Isso possibilita que as imagens sejam transmitidas diretamente para dispositivos móveis como celulares e tablets, por exemplo.

As lentes das câmeras também possuem qualidade irretocável, transmitindo imagens de alta resolução e até mesmo em 360 graus a depender do modelo de câmera.

As lentes fixas proporcionam maior amplitude e foco do ângulo de visão, mas também existem as lentes autoíris que conseguem compensar a luminosidade do local para que se evite ausência de nitidez das imagens.

Além disso existem as lentes PAN que podem realizar movimentos em diversas direções de acordo com o controle remoto do operador.

O monitoramento possibilita a distribuição dessas imagens para outros dispositivos e TVs.

Sistemas de armazenamento para CFTV

Existem diversos sistemas para armazenar as imagens, dentre eles, selecionamos os três principais:

Digital Video Recorder. Bastante utilizado em câmeras analógicas e possui um excelente custo-benefício. Suas principais finalidades são:

• Backup dos arquivos em nuvem ou HDs externos.

• Imagens em alta definição (HD).

• Visualizações em tablets ou celulares.

Network Video Recorder. Possibilita a gravação e integração das câmeras em um mesmo dispositivo. As câmeras são interligadas sem cabos, ou seja, de forma wireless e através de um processador de alta tecnologia o espaço para as gravações é bastante satisfatório.

Hybrid Video Recorder. Esta tecnologia une a DVR e a NVR, de forma híbrida, como o nome diz. Assim é possível dispor no mesmo sistema de câmeras IP e analógicas. Inclusive é possível dispor de câmeras analógicas em alta definição também.

Por fim, aqui vai um importante alerta para que todo o propósito do sistema de CFTV funcione com excelência: não contrate empresas que não possuam tradição no mercado.

Lembre-se que se trata de um investimento, e como qualquer investimento, temos que selecionar o melhor retorno possível para nossa tranquilidade e paz.

Empresas sérias e com tradição de muitos anos no mercado podem proporcionar os melhores serviços para o seu sossego.

Gostou deste artigo? Leia também no Blog Câmeras de Segurança Patrimonial.

Post anterior
Escolta armada de eletrônicos: o que analisar antes de contratar
Próximo post
Alarmes e Monitoramento: Proteção para residências

Nenhum resultado encontrado.

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.
Menu