Segurança privada: O que é? Conceitos, atribuições e tipos

Proteger pessoas, áreas ou até mesmo bens não é uma tarefa simples e nem sempre pode ser feita por profissionais de segurança pública. Para complementar o trabalho deles, existe a segurança privada.

Explicaremos, a seguir, o que é esse serviço, quais são as suas atribuições e porquê é essencial contratar uma empresa para esse fim.

O que é Segurança Privada?

Segurança privada é o serviço prestado por empresas também privadas, a fim de proteger bens, patrimônios e pessoas.

O Departamento da Polícia Federal autoriza, por meio da Portaria 3233, de 2012, a prestação de serviços dessa categoria. Logo, não estamos falando da substituição da segurança pública, apenas de uma atividade que serve para complementar o que já é oferecido à população.

Vigilantes e seguranças da empresa contratada para o serviço precisam apresentar a Carteira Nacional de Vigilante (CNV) para dar continuidade ao contrato e iniciar a função.

Quais são as atribuições?

Conforme falamos, o objetivo da contratação de empresas de Segurança Privada não é substituir agentes de segurança pública. Dessa forma, punir, prender e investigar criminosos não faz parte do leque de funções desses profissionais.

Entre as atividades prestadas está o serviço preventivo. As medidas adotadas são para minimizar e, se possível, evitar ocorrência de crimes que afetem diretamente a integridade do que ou de quem é protegido.

Confira algumas das principais atividades do serviço de segurança privada:

1) Escolta Armada: garante a segurança de carga de bens em estradas e rodovias, inibindo a ação de criminosos durante o trajeto.

2) Segurança patrimonial: atividade realizada em empresas. O intuito é garantir a segurança patrimonial e física de clientes e colaboradores, além de evitar furtos e roubos.

3) Segurança Pessoal Privada: zela pela segurança e proteção do cliente em questão. Normalmente, são figuras públicas ou política que optaram por reforçar a sua segurança.

4) Tecnologias: soluções em CFTV, alarme, isca de cargas, rastreamento veicular, cofres, travas e tudo aquilo que envolva tecnologias para segurança privada.

5) Monitoramento: crucial para que os artigos de segurança instalados, não sejam somente um objeto. Com o monitoramento, existe um acompanhamento do que está acontecendo e a empresa de segurança toma as medidas necessárias em pronta resposta.

De toda forma, para que o trabalho possa ser realizado, os profissionais precisam de cursos e da autorização da Polícia Federal, bem como as empresas que prestam serviços de segurança privada.

Por que apostar na Segurança Privada?

Estar seguro e prevenir ocorrências criminosas ao seu redor é um alívio. Conforme já comentamos, a segurança privada pode servir não apenas casos individuais, mas também atende às necessidades de empresas, por exemplo.

Dessa forma, ela se torna um serviço essencial e flexível a diversos formatos. A contratação de uma empresa especializada na atividade reduz os gastos com proteção não eficazes e ainda garante a presença de profissionais preparados e qualificados para a função. Essas características são essenciais para elaborar e dar continuidade a um plano de segurança.

A flexibilidade é outra vantagem para quem pensa em contratar esse trabalho. Afinal, o profissional estará à disposição do cliente, conforme as necessidades e interesses apresentados.

O custo-benefício da contratação do serviço talvez seja o ponto mais atrativo. Afinal, o profissional qualificado se une à precificação de um bom trabalho e à garantia de segurança e medidas preventivas adotadas com expertise. Os seguranças e vigilantes são habilitados a gerenciar processos e equipamentos que, fora da contratação privada, poderia sair muito mais caro.

Leia também no Blog da Macor: Segurança Patrimonial e Eletrônica de Centros de Distribuição

Post anterior
Projetos de segurança eletrônica: o que analisar antes de contratar?
Próximo post
Por que o monitoramento de alarmes é essencial para sua segurança

Nenhum resultado encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu