O que é a portaria e o controle de acesso?

A portaria e o controle de acesso são fundamentais em uma empresa, pois fazem parte de toda estrutura de segurança patrimonial. Mas você sabe com maiores detalhes a função da portaria e do controle de acesso e o que é cada um deles?

Veja as principais questões sobre essas duas partes essenciais de uma empresa e entenda o que são e a importância da existência tanto da portaria, quanto do controle de acesso. Boa leitura!

Portaria e controle de acesso

A portaria e o controle de acesso estão e precisam estar interligados, pois os dois juntos são responsáveis por aumentar a segurança da empresa. Isso porque, é na portaria que a empresa recebe o primeiro contato de visitantes, entregas, clientes e funcionários.

Para fazer parte disso, se torna necessário que haja um controle de acesso eficiente para que apenas pessoas autorizadas ingressem nas dependências da empresa. Para tanto, é na portaria que esse controle inicial deve ser feito, com o registro de cada pessoa que deseja ingressar na empresa.

Além disso, existem vários métodos que podem ser utilizados para realizar o serviço de portaria e de controle de acesso, alguns mais convencionais e outros mais modernos e com uso de tecnologia de ponta.

Assim, dependendo da necessidade da empresa, pode ocorrer a escolha por portarias presenciais ou remotas, por exemplo, e por um controle de acesso informatizado com ferramentas mais eficientes de controle, como é o caso de verificação por digital, retina ou tag.

Qual a atividade do porteiro

Seja em uma portaria presencial ou virtual, o porteiro tem a função de receber as pessoas que se dirigem à empresa, bem como realiza o processo de identificação. Vai ser na portaria, por exemplo, que um entregador irá se identificar para realizar determinada entrega.

Além disso, é o porteiro que consegue prestar orientações e até mesmo é a pessoa autorizada para receber correspondências e coisas do gênero, quando não houver necessidade de ser entregue diretamente ao destinatário.

Entenda a atividade do controlador de acesso

Por outro lado, o controlador de acesso tem uma atividade um pouco mais objetiva, que é ter total domínio e controle de quem acessa o prédio. Ou seja, para que as pessoas ingressem na empresa precisam passar por ele e serem identificadas pelo sistema de controle de acesso utilizado.

Dentro disso, o controlador é a pessoa responsável por fazer toda a parte de gestão do sistema de acesso, bem como resolver problemas como excesso de pessoas no local de acesso e tumultos que possam ocorrem por conta disso.

No entanto, caso ocorra alguma dúvida sobre a autorização de acesso de alguma pessoa, não é o controlado que tem a função de verificar e autorizar ou não a entrada. Quando isso acontece, em geral, o profissional encaminha a pessoa ao porteiro para que a identificação seja realizada e o acesso seja liberado ou não.

Assim, em termos gerais, o porteiro acaba tendo mais autonomia de identificação, enquanto o controlador realmente realiza o controle e a logística interna de acesso.

Portanto, como visto anteriormente, essas duas funções precisam existir em conjunto, pois uma completa a outra e servem como uma única estrutura de apoio à segurança patrimonial da empresa.

Para tanto, esses profissionais costumam ser acompanhados de seguranças em seus postos de trabalho, como é o caso da existência de um segurança na portaria ou até mesmo de segurança remota.

Crescimento do mercado

Atualmente o uso do serviço de portaria e controle de acesso está em crescimento, principalmente em relação aos serviços remotos.

Existem empresas que são especializadas nesse tipo de serviço, como é o caso do Grupo Macor, de modo que conseguem entregar alta qualidade e segurança na execução do trabalho, com terceirização dos profissionais.

Dentro disso, a contratação pode acontecer tanto para portarias e controle de acesso presencial, com os profissionais atuando no local mesmo, bem como por intermédio remoto.

A portaria e o controle de acesso na modalidade remota pode ser uma ótima alternativa a depender da necessidade da empresa. Esse tipo de atividade está em expansão e a tendência é que continue assim.

Isso está acontecendo porque as empresas estão cada vez mais percebendo a eficiência que esse tipo de serviço prestado remotamente por oferecer, bem como com redução de custos e de logística de operação.

Tudo que é feito numa portaria presencial, por exemplo, pode ser feito remotamente. Para isso, basta que o local seja adaptado com alguns dispositivos tecnológicos como câmeras e fechaduras digitais, que os resultados são excelentes.

O mesmo acontece com o controle de acesso, pois atualmente existem diversas tecnologias de reconhecimento, permitindo que a segurança da empresa seja ainda mais eficiente.

No entanto, não quer dizer que a modalidade presencial esteja em desuso. A escolha vai depender da necessidade e da opção e cada empresa, pois o funcionamento presencial desses setores ainda poder ter necessidade de ser presencial a depender da logística adotada pela empresa em questão.

Nesses casos, também há crescimento na contratação de empresas especializadas e regulamentadas, pois os resultados são muito mais positivos quando existe a especialidade e o treinamento da equipe.

Considerações finais

Assim, com todas as informações que você obteve ao longo do artigo vai poder entender mais a fundo o que é e quais as funções que a portaria e o controle de acesso têm em uma empresa.

Com isso, pode entender melhor a importância e o significado que esses trabalhos possuem, uma vez que são indispensáveis para que a segurança patrimonial seja construída.

Seria ineficiente contar com toda uma equipe de segurança e estratégias internas, se a parte de acesso externo ficasse desprotegida. Para isso é que o controle de acesso e a portaria possuem papel fundamental na segurança.

Afinal, essas duas funções servem como um filtro no acesso, impedindo que pessoas não autorizadas ingressem no prédio e acabem por causar uma ameaça à segurança e integridade da empresa e dos funcionários e clientes.

Portanto, contrate uma empresa que seja especializada e regulamentada, como é o caso do Grupo Macor e siga a tendência de crescimento desse setor de mercado para garantir ainda mais segurança e eficiência na portaria e no acesso externo e interno do prédio.

Post anterior
Rastreamento Veicular: como funciona esse sistema
Próximo post
O que é e como funciona a segurança pessoal (VIP)?

Nenhum resultado encontrado.

Menu