Tecnologia Macor

Isca de carga: o que é e para que serve

Não é segredo para ninguém que os roubos de carga podem ser algo extremamente prejudicial para qualquer empresa, que vê materiais de alto valor sendo simplesmente retirados de seu poder, sem serem entregues no local. Resumindo: perde-se dinheiro, perde-se confiança dos clientes por perceberem a vulnerabilidade da frota e muitos outros problemas.

Por isso, um elemento que pode ser extremamente útil neste momento são as iscas de carga. Ao longo deste conteúdo, falaremos mais sobre este tema e sobre o que é esta solução. Assim, os leitores poderão entender como funciona e, desta forma, podem lançar mão de usar esta estratégia como uma forma efetiva de proteção para suas cargas.

Mercadorias de valor serão alvo

Para entendermos melhor o que é e para que serve a isca de carga, vale contextualizarmos a realidade na qual esta ferramenta vai se inserir para ajudar a trazer uma resolução efetiva para um enorme problema.

A primeira coisa que as empresas que trabalham com cargas e frotas precisam ter em mente é que os carregamentos com alto valor agregado podem ser alvos de quadrilhas. Isso, inclusive, não é algo que acontecerá uma vez ou outra, por azar. Na verdade, há grandes grupos criminosos que atuam nas estradas e que têm enorme conhecimento de pontos frágeis a serem atacados, locais em que é mais simples roubar e fazer a fuga, entre vários outros detalhes.

Principalmente para empresas que transportam cargas com alto valor agregado, se torna absolutamente necessário ter as melhores condições de defesa, pois estas serão os primeiros alvos. Quanto mais alto for o valor da carga, maior será o risco. E, com isso, maior a necessidade de que haja um sistema de segurança forte e completo.

Prejuízos

Até porque, caso não haja uma capacidade de proteção de alto nível, os prejuízos serão enormes. Há a questão do valor financeiro da carga em si. Imagine todo o tempo e dinheiro gastos para uma determinada produção e, no momento de transporte, tudo isso ser perdido por conta de um roubo e da falta de uma melhor segurança?

Isso sem falar, como citamos no início, da questão de credibilidade e confiança. Conforme as notícias sobre a perda da carga avançam, as empresas e parceiros certamente ficarão mais receosos com a possibilidade de utilizar novamente aquele serviço de frota. Assim, os negócios especializados nesta área também precisam atuar para garantir os melhores processos e soluções.

Uma destas soluções é, justamente, o uso das iscas de carga.

O que é uma isca de carga

Agora, sim, chegamos ao tópico central deste conteúdo: as iscas de carga. Elas nada mais são do que pequenos equipamentos, que muitas vezes podem ser até mesmo uma simulação de uma embalagem e de um pacote, justamente para passarem despercebidos em meio à carga.

Como o nome já diz, o objetivo principal é ser uma isca contra os ladrões de carga, permitindo que eles sejam monitorados e, depois, pegos.

Como funcionam as iscas de carga

As iscas de carga funcionam da seguinte maneira: como estão “escondidas” em meio à carga roubada, elas são capazes de enviar sinais para uma central de monitoramento, indicando em qual local estão os objetos.

A tecnologia utilizada para que estes sinais sejam enviados podem variar de acordo com o equipamento em questão. Pode ser funcionamento via GPS, radiofrequência ou outra tecnologia.

O importante é que, com esta isca embutida na carga roubada, e sem ser vista pelos ladrões, o monitoramento do local onde está a carga se mantém e medidas de segurança podem ser tomadas, inclusive visando à recuperação dos elementos perdidos.

Estas iscas são essenciais porque os grandes grupos criminosos já possuem estratégias para anularem o monitoramento da localização da carga por meio de sistemas de rastreamento mais tradicionais. Com isso, eles acreditam que estão “invisíveis”, sem que haja qualquer acompanhamento. Isso permite que eles levem as cargas até o local marcado para realizar o serviço de desmonte, venda etc.

Porém, como as iscas estão posicionadas no meio dos produtos, a empresa de carga tem uma forma “reserva” de saber para onde está indo a carga roubada, permitindo uma ação de proteção mais completa.

Vantagens da isca de carga

A principal vantagem é inerente à função da ferramenta: o aumento da capacidade de localização e proteção das cargas. Com este elemento, a empresa corre menos riscos de que todo o transporte seja perdido, sem qualquer possibilidade de rastreamento e recuperação.

Além disso, mesmo sendo pequenos objetos, inclusive disfarçados, as iscas de carga são capazes de enviar a localização de maneira muito precisa. Não há qualquer risco de que a informação passada não seja a ideal, independentemente do tamanho da isca, seu posicionamento no meio da carga, entre outros detalhes que poderiam trazer imprecisões. Não é o caso.

As iscas de carga permitem também uma melhor reação e gestão das cargas por parte da transportadora. Caso algum risco seja indicado, a ação pode ser, até mesmo, de prevenção. Por mais que existam outros tipos de rastreamento, o uso das iscas é simples e preciso, garantindo o acompanhamento ideal em todas as etapas.

E, para fechar, ainda há a questão de convencimento e relacionamento com os próprios clientes. Uma transportadora terá mais chances de garantir novos contratos de envio de cargas se mostrar que o processo é seguro. E o uso das iscas de carga é um diferencial que permite a entrega de uma experiência mais segura e completa para os clientes.

Assim, além de evitar perdas financeiras e de credibilidade em caso de perda, este elemento ainda é capaz de garantir uma vantagem no momento de negociações e de apresentação do serviço da frota ao mercado.

Estes são, portanto, alguns dos principais pontos a serem analisados quando falamos sobre iscas de carga. Neste conteúdo, procuramos mostrar o que elas são, como funcionam e quais são as vantagens trazidas para as transportadoras.

Em um contexto de perigo e especialização do crime de roubo de cargas estradas afora, é fundamental que cada empresa especializada tenha seus elementos de segurança, para melhorar o trabalho e garantir o produto ideal aos clientes.

A Macor, inclusive, oferece sua solução de isca de carga, sendo reconhecida por todo o mercado, como uma das mais efetivas, tanto no quesito de tecnologia, quanto quando falamos na segurança da transmissão de dados. Consulte nossos especialistas: https://www.macor.com.br/isca-de-cargas/

Post anterior
Rastreador veicular: o que é e quando deve ser usado
Próximo post
CFTV: O que é, como é instalado e quais são os benefícios
Nenhum resultado encontrado.
Menu