Empresas de segurança clandestinas: quais são os riscos ao contratar

Empresas de segurança clandestinas são um problema gigantesco para quem está procurando por mais proteção. Com a promessa de ser uma solução simples e barata, acabam deixando a sua empresa ou casa totalmente fragilizada.

Com uma série de irregularidades, e prejuízos a você, as empresas clandestinas devem ser evitadas a todo custo. Isso porque, como veremos, elas representam uma série de riscos para diversos empreendimentos.

Falta de profissionalismo, equipamentos de má qualidade, além de pouco comprometimento, são apenas alguns dos problemas relacionados. Outros, que podem ser até mais graves, podem ser evitados ao contar com empresas legalizadas do ramo.

No mais, para entender os riscos de se contratar empresas clandestinas de segurança, além de outras questões do ramo, confira o artigo a seguir!

Quais os riscos de se contratar uma empresa de segurança clandestina?

Empresas de segurança clandestinas estão espalhadas aos montes em nosso país. Infelizmente, hoje, existem cerca de 3 vigilantes ilegais para cada 1 que esteja com suas obrigações em dia, segundo estimativas do setor.

Isso só demonstra o quanto é difícil combater esse grupo de empresas que estão ancoradas na ilegalidade. Porém, ao ficar sabendo dos perigos que escondem a contratação desses negócios, os clientes podem alterar a sua postura.

Entre os principais riscos de se contratar uma empresa clandestina de segurança, podemos destacar os seguintes pontos:

  • Qualidade do serviço: por não serem legalizados, as empresas não contam com nenhum padrão a ser seguido, logo, o serviço pode ser de péssima qualidade;
  • Equipamentos antigos: o uso de equipamentos muito velhos, ou que não tenham manutenção frequente, podem prejudicar a sua segurança;
  • Despreparo pessoal: os vigilantes de empresas clandestinas não precisam de cursos para atuar, logo, podem não ter o mínimo de capacidade para a sua atuação;
  • Problemas legais: no caso de qualquer problema legal, por ter contratado uma empresa clandestina, a responsabilidade fiscal e criminal será sua também;
  • Contratação ilegal: por fim, o mais óbvio, a contratação ilegal é punível com multas, o que pode acarretar prejuízo financeiro para a sua empresa.

No mais, por mais que as opções possam parecer mais atrativas para todos, elas não são recomendadas, e podem representar uma série de riscos desnecessários. Uma empresa que não deveria ser um problema para você, pode acabar te dando grandes dores de cabeça.

Além de todos os pontos que foram apontados até aqui, também podemos destacar que a contratação de uma empresa clandestina prejudica a imagem do seu negócio. O seu prestígio com outras empresas pode ser grandemente afetado por esse motivo.

Além de demonstrar que o seu negócio está em contrato com empresas ilegais, também mostra que a segurança não é uma questão central no seu empreendimento. E nenhuma outra empresa vai querer fazer negociações com companhias que não são seguras.

Quais cuidados são necessários para evitar cair em fraudes?

Quando realizar a contratação de uma empresa de segurança, para não correr o risco de contratar uma clandestina, é preciso estar atento a alguns pontos. Isso evita que enganos aconteçam, e que você conte com companhias que não são legalizadas.

O primeiro cuidado a ser tomado é pesquisar um pouco mais sobre a origem da empresa que você está contratando. Hoje, com a internet, é possível saber tudo sobre outros empreendimentos, apenas com as informações presentes em portais públicos.

Se você não encontrou o CNPJ da empresa, e nem outras informações sobre clientes dela, a melhor alternativa é procurar por outro empreendimento. Esses são indícios fortes de que a empresa de segurança não está atuando de maneira legal no mercado.

Além disso, também é interessante solicitar alguns documentos para a empresa, para garantir que tudo está dentro dos conformes. Vários deles são totalmente comuns de serem pedidos em um processo de contratação de serviços.

Alguns dos essenciais, e que não podem ficar de fora da sua solicitação são os seguintes:

  • Documento autorizando a atuação da empresa, expedido pela própria Polícia Federal;
  • Certificado de conclusão de curso para todos os vigilantes da empresa, para garantir a sua capacitação.
  • Certificado de Regularidade em Segurança – CRS – SESVESP
  • Certificado Selo da Escolta Armada – SEMEESP
  • Certificado de Registro – Ministério da Defesa e Exército Brasileiro;

No mais, esses são apenas alguns dos documentos mais importantes para garantir a segurança da sua contratação. Porém, não são os únicos cuidados a serem tomados, afinal, existem mais pontos para se ficar atento.

Um deles é em relação aos preços, afinal, preços muito baixos podem ser sinal de que as coisas não são tão transparentes quanto parecem. Para esses casos, verifique a documentação, apenas para garantir o cumprimento das obrigações.

Em todo caso, a contratação de profissionais autônomos legalizados não existe, e por isso, também deve ser evitada por todos. Muitos tentam se aproveitar dessa questão, porém, estamos te alertando para que nenhum erro seja cometido em relação a isso.

No mais, caso identifique uma empresa do tipo, não deixe de fazer denúncias para garantir que ela não continue atuando no mercado. Empreendimentos fantasmas como esses podem ser totalmente prejudiciais para todas as companhias do meio.

Além disso, como vimos, podem colocar a segurança da sua empresa e de outras em risco, e sabemos que esse não é o seu desejo. Em todo caso, fique atento aos sinais, e, se ver algum negócio do ramo atuando de forma ilegal, não deixe de registrar uma denúncia.

Por que continuam contratando empresas que são ilegais?

Ao ver os riscos de contratar empresas clandestinas de segurança, muitos podem não entender por que essas contratações continuam acontecendo. Quando não ocorrem por engano, a falta de punição severa também é um problema gigantesco.

As multas, mesmo que venham aumentando, ainda não chegam a ser altas, e por isso, a vigilância clandestina continua em alta. Além disso, o preço mais baixo do que as empresas legalizadas, por conta dos impostos, também são outros problemas do tipo.

Porém, é necessário destacar que, quando contratamos empresas do tipo, a responsabilidade legal passa a ser nossa. Qualquer problema relacionado ao contrato, e a aplicação de multas, cairá sobre as suas finanças, e não sobre a deles.

No mais, esse é o nosso artigo, e se você está interessado em contratar uma empresa legalizada, e referência em segurança patrimonial, não deixe de acessar o nosso site e conhecer as nossas soluções!

Post anterior
Segurança em condomínio: 5 erros para ficar atento
Próximo post
Como a portaria virtual remota pode solucionar erros de segurança no seu condomínio
Nenhum resultado encontrado.
Menu