Sem categoria

É preciso usar de todas as táticas, para aumentar a segurança em condomínios residenciais, visto que muitas são as brechas encontradas por invasores. As diversas vulnerabilidades do condomínio costumam ser observadas e usadas contra os colaboradores e condôminos para roubos, por exemplo.

Por isso trouxemos essas dicas, que podem fazer toda a diferença no dia a dia, colaborando para deixar os moradores mais tranquilos e com menos riscos para violência. Leia e saiba quais são!

Procure contratar empresas de segurança especializadas

Quando o assunto é condomínio, precisamos pensar sempre no que é melhor para o coletivo, a fim de encontrar soluções que possam satisfazer a necessidade dos condôminos. Dessa forma, para ter mais segurança é importante optar por empresas especializadas no assunto.

Nada de tentar economizar com serviços feitos por empresas ou profissionais que não são realmente desse ramo, porque não podem oferecer qualidade. Por exemplo, no caso de segurança privada temos órgãos que são responsáveis por autorizar e certificar os serviços, como a Polícia Federal (PF) e o Sindicato das Empresas de Segurança Privada (SESVESP).

Isso te ajuda a ter a certeza de que os vigilantes terão a capacitação que é preciso para desempenhar seu papel. Então, é muito importante que o síndico ou administrador deixe clara a necessidade de escolher empresas especialistas e investir em segurança de qualidade.

Instale no condomínio os equipamentos de segurança

Também pode ser uma ótima alternativa adquirir equipamentos de segurança para o seu condomínio, que podem ser comprados ou alugados, claro, com empresas especialistas. Podem ser sistemas mais complexos, como os sistemas de câmeras, o CFTV, ou soluções um pouco mais simples, como o passa-volumes, para a entrega de encomendas.

Somado a isso, a comunicação dos porteiros também é de extrema importância, pensando, por exemplo, em instalar botões de pânico, que ficam escondidos e proporcionam a comunicação de que há um problema sem deixar o profissional em risco. Tudo isso contribui para reforçar a segurança para o condomínio.

Sem esquecer que os colaboradores precisam estar alinhados com todo esse planejamento, afinal, sem treinamento os funcionários não podem operar nada. Será um valor investido sem o retorno esperado pelos condôminos, então, é preciso dedicar tempo ao treinamento da equipe ou solicitar envio de profissionais capacitados, em caso de terceirização.

Esteja atento ao controle de acesso ao condomínio

Alguns condôminos podem ficar um tanto quanto insatisfeitos com a necessidade de confirmar que são eles mesmos ao entrar no condomínio, principalmente em caso de veículos. Mas é esse tipo de brecha que os invasores podem usar para entrar sem que sejam percebidos.

Portanto, criar protocolos para autorização da entrada no portão de pedestres e no portão de garagem é de extrema importância. Além de uma boa iluminação no local, para ajudar o trabalho dos porteiros na identificação das pessoas, junto a câmeras.

Tudo isso é necessário por conta do controle de acesso ao condomínio, porque os roubos acontecem justamente pela falta de atenção no dia a dia. Alguns ladrões podem se fingir de estudantes, moradores, de polícia, funcionários dos correios ou empresas de transporte, entre outros.

Implemente a portaria virtual

O conceito de portaria virtual é mais recente e pode gerar estranhamento em alguns moradores, mas nada que uma boa explicação não resolva. Além de contar com uma empresa profissional, como dissemos na nossa primeira dica sobre a segurança desses serviços.

Pois bem, a portaria virtual é um serviço prestado remotamente, feito por uma equipe em empresa de segurança, dedicada a atuar no monitoramento. Por meio do sistema de circuito fechado de TV (CFTV) um profissional de segurança vai monitorar e agir na presença de algo fora do normal.

Essa ação pode ser de acionar autoridades para lidar com o caso ou mesmo se comunicar com colaboradores do condomínio, síndico ou administração profissional. Tudo depende daquilo que for acordado entre as partes e da necessidade da situação.

A portaria virtual também é responsável por liberar ou não a entrada de moradores, visitantes, prestadores de serviço, veículos e também por controlar o acesso para a realização de entregas.

Estabeleça normas para convívio dos moradores

Nada disso vai funcionar se todos não trabalharem juntos, considerando moradores e funcionários do condomínio. Então, é preciso que as normas de convívio estejam muito bem estabelecidas para que haja um padrão de comportamento e de regras.

Por exemplo, na entrada os condôminos devem se identificar, isso é o básico para a segurança e não pode ser ignorado. E, para evitar problemas, é necessário deixar tudo bem claro nas reuniões do condomínio, da importância de que todos possam seguir essas regras para melhor convivência e mais segurança.

Considerando a relevância disso na segurança, pode ser interessante estabelecer regras no Regulamento Interno do condomínio. Assim, tudo ficará documentado e todos precisam obedecer, uma vez que tudo é decidido primeiramente pelos próprios condôminos.

Agora você já tem essas dicas de segurança para condomínios residenciais e pode implementar aquelas que mais se encaixam na rotina do prédio. Sabemos que é um desafio fazer com que todos os moradores obedeçam a algumas regras, mas é importante estabelecer normas e esclarecer a importância delas.

Além disso, muitos são os recursos que temos atualmente para inibir a ação de bandidos, que são acessíveis para o condomínio, representando um verdadeiro investimento no bem-estar de todos. Então, é de extrema importância que síndicos e administradores possam observar as empresas do ramo que atua com qualidade e seriedade.

Tudo a fim de selecionar equipamentos e prestação de serviços que possam fornecer a segurança que tanto é necessária. Essas dicas, sem dúvidas, podem ajudar nesse processo.

Post anterior
Quais as principais vantagens de contratar uma empresa de segurança
Próximo post
Por que investir em segurança eletrônica é importante?
Nenhum resultado encontrado.
Menu