segurança pessoal

Dicas de segurança pessoal para se proteger no dia a dia

Segurança Pessoal

Basta abrir o jornal ou ligar a TV na hora do noticiário para ver, todos os dias, notícias sobre violência no Brasil, incluindo diversos casos ligados com a segurança pessoal. Os assaltos, antes vistos como “coisa de cidade grande”, agora também são comuns no interior e até na zona rural.

São tantos casos, que já se tornou até difícil encontrar alguém que nunca tenha sido assaltado ou que se sinta totalmente seguro, independente da região onde vive.

A cidade de São Paulo, por exemplo, tem registrado, em média, 15 roubos por hora, segundo a polícia civil da capital. Isso, sem falar em todos os casos que não são denunciados, já que não é raro que as vítimas deixem de registrar o boletim de ocorrência sobre os crimes.

Embora não seja possível se resguardar totalmente da violência, tomando alguns cuidados simples qualquer pessoa consegue reduzir bastante o risco de ser assaltada em casa, nas ruas e no transporte coletivo.

Especialistas em segurança garantem que com uma atitude mais proativa, antecipando um possível problema, você estará mais seguro em uma situação de riscoConfira dicas de segurança pessoal para o seu dia a dia.

Segurança pessoal na rua

Dica 1: Olhe ao redor

Sempre que for sair para caminhar, olhe ao seu redor e tome precauções extras se identificar alguém com comportamento suspeito. Se possível, observe se a pessoa tem algum objeto nas mãos.

Veja se está sendo seguido

Um dos grandes erros de quem é assaltado é não confiar na intuição. Se achar que está sendo seguido, entre em algum estabelecimento. Só saia quando se sentir seguro. Vale pedir ajuda a quem está no local, dependendo do caso.

Mantenha distância

Outra verdade é que bandido não tem cara, então, é sempre recomendado manter uma distância de pelo menos 20 metros de qualquer desconhecido. Se for o caso, mude de calçada.

Simule uma amizade para sua segurança pessoal

Se mesmo tomando as precauções acima, você ainda se sente em uma situação ameaçadora, peça ajuda. Uma boa estratégia é cumprimentar a primeira pessoa não suspeita que você encontrar, fingindo que ela é uma velha amiga. Depois que o perigo passar, você explica.

Não demonstre estar perdido

Se você está procurando um endereço ou precisa olhar o celular, entre em algum estabelecimento comercial para fazer isso. Se o ladrão identifica que você está distraído, as chances de ele o escolher como vítima aumentam.

Mantenha-se atento ao voltar para o carro

É bom evitar, por exemplo, ter que ficar procurando a chave na bolsa no meio da rua. Faça isso antes de sair de onde está e guarde bem na memória onde estacionou para, como no item anterior, não parecer perdido.

Dica 2: Não exponha o seu celular

O celular é o objeto mais roubado de todos e a verdade é que, além do prejuízo material, é um transtorno enorme perder esse objeto, já que hoje, a gente praticamente tem a vida toda no aparelho.

A dica para evitar furtos e roubos é não expor o seu aparelho e não falar ao telefone, nem enviar mensagens de texto se estiver na rua.

Tenha cuidado também com os objetos de valor

O mesmo cuidado é válido para qualquer outro objeto de valor. Não vá usar aquela joia num dia em que for sair caminhando, por favor.

Dica 3: Evite locais desertos para sua segurança pessoal

Essa dica parece óbvia, mas muita gente ainda não tome esse cuidado. Sempre olhe antes o percurso que vai precisar fazer caminhando, especialmente se for à noite. Escolha aquele com mais pessoas transitando e com mais iluminação, mesmo que ele seja mais longo.

Dica 4: Tenha uma carteira falsa

Guarde a sua carteira real, especialmente se ela estiver com os seus cartões e documentos, em bolsas internas ou doleiras. É válido ter uma carteira falsa, com pouco dinheiro e papéis, e guardá-la no bolso, por exemplo.

Dependendo da abordagem, o assaltante pode lhe pedir a carteira e aí você a entrega. Parece uma dica absurda, mas a verdade é que, se alguém roubá-la, você não terá tanto transtorno.

Dica 5: Use bolsas à sua frente

É simples: bolsas de mão ou de ombro são mais fáceis de serem roubadas. Prefira bolsas a tiracolo e as mantenha na frente do corpo. Se for usar mochila, não coloque carteira, celular e objetos de valor dentro dela.

Segurança pessoal em casa

Dica 1: Instale um programa de monitoramento eletrônico

Um bom sistema de alarme, costuma ser bastante eficaz. Câmeras também podem ajudá-lo a monitorar se há algum movimento estranho lá fora.

Dica 2: Mantenha o quintal limpo para sua segurança pessoal

Um quintal com mato alto pode fazer o ladrão pensar que não tem ninguém em casa e até servir de esconderijo. Se for viajar por um longo tempo, vale pedir para algum vizinho aparar a grama.

Atenção para as correspondências

Se você é assinante de jornais e revistas, as pilhas desses itens do lado de fora costumam denunciar que não há ninguém em casa. Vale suspender as assinaturas enquanto viaja ou pedir a algum amigo para coletar a sua correspondência.

Dica 3: Pense nas luzes para sua segurança pessoal

É sempre bom manter uma luz de fora acesa durante a noite, já que um ladrão conseguirá entrar com mais facilidade sem ser visto no escuro. Além disso, se suspeitar de algo lá fora, não acenda a luz do cômodo em que você está, pois isso faz o ladrão identificar a sua posição.

Dica 4: Use placa de “Cuidado com o Cão”

Mesmo que você não tenha um cachorro, ou que o seu seja inofensivo, uma placa dessas vai sempre fazer o assaltante pensar duas vezes antes de entrar na sua casa.

Dica 5: Evite a chave reserva

Sim, ela pode ser bem útil para o caso de você perder a sua, mas o risco não costuma valer a pena. Se precisar mesmo de uma, seja criativo e evite lugares óbvios como plantas, embaixo do tapete ou na caixa de correio.

Dica 6: Não autorize a entrada de estranhos

Desconfie de vendedores que batem na sua porta ou técnicos que você não solicitou. E, mesmo que esteja esperando alguém, sempre verifique se é mesmo essa pessoa antes de abrir a porta.

Gostou das dicas? Aproveite e leia também: https://www.macor.com.br/news/5-dicas-essenciais-para-melhorar-a-seguranca-residencial/

Post anterior
Projeto Amém e Grupo Macor – Ação social para os mais necessitados!
Próximo post
5 dicas essenciais para melhorar a segurança residencial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu